PodCastle EP38 – A Ciência tarda, as vezes falha e mesmo assim é empolgante.

A NASA sempre trazendo notícias empolgantes para os apaixonados por astronomia,  Dados recolhidos pela sonda Galileo da NASA em 1997 foram submetidos a modelos computacionais novos e avançados para desvendar um mistério – uma breve curva localizada no campo magnético – que até agora não tinha explicação. Imagens ultravioletas anteriores pelo Telescópio Espacial Hubble em 2012 haviam sugerido a presença de plumas, mas esta nova análise usou dados recolhidos muito mais perto da fonte e é considerada um forte suporte que corrobora as plumas.
Os achados foram publicados na edição de ontem da revista Nature Astronomy.